[RAN-USP] Dossiê: Patrimônio em Debate Externa - Prazo: 30/7/22

 
 

 

Dossiê

Patrimônio em Debate: Preservação, Destruição e Reconstrução

 

Não há documento de cultura que não seja também documento de barbárie.
Walter Benjamin

 

A Revista Angelus Novus (RAN), a publicação dos pós-graduandos em História Econômica & História Social da Universidade de São Paulo (USP) anuncia a abertura do dossiê da edição 18: Patrimônio em Debate: Preservação, Destruição e Reconstrução.

Elaborado no século XVIII, o conceito de patrimônio teve como marco o Iluminismo e a Revolução Francesa. No século XX, ele foi ampliado, passando a abarcar, além dos bens materiais e arquitetônicos, os bens imateriais, bem como o patrimônio natural.

Por meio da patrimonialização, o agregado de bens, práticas e saberes, naturais ou forjados pelo trabalho humano, tornou-se objeto de distinção e conservação, gerando disputas políticas e ideológicas sobre as inter-relações entre patrimônio, identidade e direitos.

No Brasil, os recentes incêndios em edifícios públicos e em arquivos históricos, o avanço pantagruélico do desmatamento e da mineração, e os ataques violentos aos indígenas e aos quilombolas, trouxeram, de forma mais evidente, debates públicos sobre o que deve ou não ser preservado, e suas razões de ser e existir.

A questão não se limita ao Brasil, com debates e ações diretas internacionais sobre a preservação e o significado de monumentos que homenageiam a escravidão, o racismo e o colonialismo, o patrimômio cultural e o cortejo triunfal da barbárie.

A conjuntura demanda, por parte da historiografia e dos historiadores, assim como das outras ciências humanas e dos profissionais das ciências sociais, reflexões críticas sobre a preservação, destruição e reconstrução do patrimônio cultural e natural.

Desta forma, o dossiê tem por objetivo reunir e publicar trabalhos inéditos, empíricos e teóricos que reflitam criticamente sobre o patrimônio material, imaterial e natural em uma perspectiva histórica e humanista.

Também serão aceitas resenhas, entrevistas, transcrições e/ou traduções de documentos, além de intervenções críticas sobre a temática vinculada ao dossiê.

Além do dossiê, a RAN continuará aberta para as submissões de artigos, resenhas, entrevistas, transcrições e/ou traduções de documentos em fluxo contínuo não vinculadas ao dossiê.

 

Prazo final de submissão ao dossiê: 30/07/2022.


Para mais informações sobre as condições e normas de submissão, acessar: «https://www.revistas.usp.br/ran/index».